dtran

[dropcap]N[/dropcap]a manhã desta quinta-feira, 18, a Polícia Rodoviária Federal, P-Tran, Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) e Ciretran deram início a Operação Rodovida Integrada. Blitz educativa e repressiva fazem parte das atividades. A Operação Rodovida é uma mobilização nacional de iniciativa da PRF, no entanto, em Vilhena, ganha maior abrangência pela adesão das demais entidades parceiras.

Segundo explicou o secretário de trânsito, Marcos Ivan Zolla, a ação teve o objetivo de diminuir os índices de acidente neste período de fim de ano, quando o fluxo nas estradas aumenta consideravelmente. As abordagens ocorrem no  trecho urbano da BR 364 e da BR 174, que cruzam a cidade. “Mas, o serviço também é estendido para as principais ruas e avenidas de Vilhena”, enfatizou.

O inspetor da PRF, João Paulo Lobato, afirmou que a operação está conseguindo atingir o objetivo, que é conscientizar motoristas e pilotos a serem mais responsáveis no trânsito. “As irregularidades encontradas nas abordagens não foram penalizadas, apenas instruímos os condutores a manter a documentação e veículo em dia e a tomar certos cuidados que podem garantir uma viagem mais segura”, lembrou.

Na operação, os policiais ficavam responsáveis por fiscalizar documentações dos motoristas e do veículo, enquanto os funcionários da Semtran e Ciretran, faziam o papel de orientar-los falando sobre a importância do uso do cinto de segurança, não dirigir sob efeito de bebidas alcoólicas, manter a atenção  ao realizar ultrapassagens, entre outras instruções.

 

Semcom