Seis detentos foram recapturados logo após a ação. Um dos apenados localizados estava ferido com um tiro, foi socorrido, e acabou morrendo em uma UPA.

Dezoito apenados do presídio Milton Soares de Carvalho, conhecido como 470, em Porto Velho, fugiram na noite de quinta-feira (11). Segundo a ocorrência policial, os detentos pularam os alambrados da unidade. Seis homens foram recapturados. Um deles estava ferido em um matagal e acabou morrendo após ser socorrido.

Conforme a polícia, um policial penal do plantão relatou que presos de três pavilhões, ocupados por diferentes facções, conseguiram escapar.

De acordo com o agente, quando a ação dos apenados de um pavilhão foi percebida, os policiais penais se mobilizaram para conter a fuga. Entretanto, ao mesmo tempo, presos de dois outros pavilhões também escapavam da unidade.

Segundo a ocorrência, servidores de pelo menos cinco unidades participaram das buscas e conseguiram localizar seis presos.

Um dos recapturados, de 23 anos, estava ferido por disparo de arma de fogo em um matagal. Ele foi socorrido à Unidade de Pronto Atendimento (UPA) da Zona Leste, mas acabou morrendo.

A fuga foi registrada na 2ª delegacia de Polícia Civil da capital. A Secretaria de Estado da Justiça (Sejus), responsável pelo presídio, ainda não se pronunciou sobre a fuga.

G1