Após ser questionada, mãe não soube informar o que teria acontecido. Criança apresentava algumas lesões no corpo.

Uma mãe foi presa na noite de domingo (2) por maus-tratos contra a filha de 10 anos, no conjunto residencial Morar Melhor, em Porto Velho. Depois de maltratar a filha, a mãe teria levado pessoalmente a menina à Unidade de Pronto Atendimento (UPA), na Zona Leste. A menor apresentava aprese lesões no corpo e teria chegada desacordada na UPA.

Segundo boletim de ocorrência, inicialmente a guarnição de plantão recebeu uma denúncia informando que uma mulher estaria espancando uma criança no residencial, no Bairro Aeroclube.

Os policiais foram até o local e não encontram nada. A PM então recebeu uma nova ligação anônima e esta relatou aos PMs que a mãe e a irmã teriam levado a menina para a UPA da Zona Leste.

A guarnição se deslocou até o pronto-socorro e confirmaram a informação de que a criança estava em atendimento médico.

Segundo o boletim de ocorrência, os agentes questionaram a mãe sobre o que teria acontecido com sua filha e a mesma não soube informar. Relatou apenas que a criança teria entrado no quarto e depois saiu chorando.

O médico de plantão informou que a criança estaria com algumas lesões no olho esquerdo, no lábio inferior. A vítima teria chegado desacordada na unidade e foi submetida a uma lavagem estomacal.

Diante dos fatos, foi dado voz de prisão à mãe e a criança ficou sendo acompanhada pela a sua tia na UPA.

G1 – RO