Turismo de pesca, rota das águas e pontos históricos serão priorizados pela Semdestur