Cerca de 1.200 servidores já se inscreveram, mas a estimativa inicial era de que aproximadamente cinco mil

Casa Civil da Presidência da República ainda não se posicionou sobre a demanda e o prazo de cadastramento para a transposição termina nesta sexta-feira

 Cerca de 1.200 servidores já se inscreveram, mas a estimativa inicial era de que aproximadamente cinco mil servidores apresentassem a documentação para solicitar a mudança. A projeção é de um aumento na folha de pagamento federal na ordem de R$ 20 milhões.

Paulo Roberto Barros, da Superintendência de Gestão de Pessoas de Rondônia, reconhece que são necessários muitos documentos para formalizar a transferência do quadro estadual para o quadro federal. Ele explica as dificuldades encontradas pelos servidores aptos a aderir.

Em 2014, 4.700 servidores do ex-território de Rondônia foram transferidos para os quadros da União. Até 1981, o estado era território federal. Tornou-se estado incorporando áreas do Mato Grosso, Amazonas e do extinto Território do Guaporé.

Repórter Nacional – Amazônia