videomonitoramento

A Central de Videomonitoramento do município de Vilhena – CMV completou um ano de implantação com resultados positivos, que se revelam através das estatísticas. Houve redução de 37 % em ocorrências de roubos a pessoas nas ruas, 34% em roubos a estabelecimentos comerciais e 25% em ocorrências de furtos, nos locais de alcance das câmeras, segundo dados do 3º Batalhão da Polícia Militar – 3º BPM.

O serviço é resultado de parceria firmada entre o comando do 3º BPM, Banco Sicoob, Associação Comercial (ACIV) e Prefeitura Municipal. O videomonitoramento, conforme as estatísticas, é  importante auxiliar do serviço de  radiopatrulhamento  no combate a criminalidade.

No total são 20 câmeras instaladas no perímetro urbano de Vilhena, que são controladas por policiais militares escalados em equipes com turnos de seis horas, totalizando 24 horas por dia. A sala de Videomonitoramento funciona no quartel do 3º BPM, onde as imagens são fiscalizadas. Quando é constatada ocorrência de algum delito ou, até mesmo, alguma atitude suspeita, o contato com os policiais de radiopatrulha é feito imediatamente através do radio transmissor.

Alcance

As câmeras tem alta resolução e tem alcance de até 1500 metros. A comunicação é feita via ‘wireless’ e cabo de fibra óptica. As imagens ficam armazenadas no sistema por aproximadamente 30 dias e constantemente são remetidas à Policia Civil para auxiliar em investigações. Há, também, casos em que a população tem consultado a central de videomonitoramento para fins diversos.

O tenente coronel Paulo Sérgio Vieira Gonçalves, comandante do 3º BPM, considera a Central de Videomonitoramento de Vilhena (CMV) um marco no município, pois contribui com a segurança da comunidade em razão das intervenções preventivas, além de auxiliar os policiais de radiopatrulha. Ele diz que a comemoração do primeiro ano de instalação do serviço é motivo de contentamento de todos aqueles que lutaram para que esse projeto se concretizasse.

“Somos gratos a todas aquelas pessoas que acreditaram na Polícia Militar, na realização deste projeto ambicioso, que vem colhendo bons frutos em benefício da segurança dos nossos munícipes”, manifestou-se o comandante do 3º BPM. Ele acrescentou que em breve haverá o retorno das visitações ao CMV para que a população conheça mais de perto esta ferramenta de trabalho policial.

Assessoria