Vigilantes farão paralisação por tempo indeterminado para cobrar de Confúcio emprego e rescisões