Cadastro é indispensável para emitir o GTA. Medida também busca evitar a febre aftosa.

Cadastro é obrigatório, segundo Idaron — Foto: José Medeiros / Gcom-MT

A Agência de Defesa Sanitária Agrosilvopastoril do Estado de Rondônia (Idaron) iniciou nesta quinta-feira (1°) o cadastramento obrigatório dos criadores de suínos, ovinos e caprinos.

Segundo a agência, o cadastro é essencial para o produtor emitir a Guia de Transporte Animal (GTA), além de ajudar no controle da febre aftosa, pois esses animais podem adquirir o vírus causador da doença, o RNA, da família Picornaviridae e do gênero Apthovirus.

O presidente da autarquia, Júlio Cesar Rocha Peres, afirmou nesta semana que o cadastro deve ser feito independentemente se o produtor vai precisar emitir GTA ou não.

A Idaron diz que cerca de 19 mil propriedades já foram cadastradas como produtoras de suínos, ovinos e caprinos. Com isso, esta nova campanha é voltada aos produtores que não incluíram suas criações no sistema do governo.

O cadastro pode ser feito em qualquer agência da Idaron nos municípios do estado.

G1 RO