image

Em alusão ao dia 12 maio, data em que é comemorado o dia do enfermeiro e a Semana Brasileira de enfermagem, a Secretaria Municipal de Saúde, em parceria com os alunos do curso de residência multiprofissional e em área Profissional da saúde, tutoria do curso e a gerência de enfermagem do Hospital Regional de Vilhena (HRV), promovem a Semana de enfermagem no auditório do HRV de 18 a 22 maio.

Na abertura das programações referentes a Semana de enfermagem, os diversos profissionais tiveram um tempo com dinâmicas de integração entre eles, considerando que no primeiro dia (18) a palestra ministrada abordou o seguinte tema: “ Humanização na equipe de Saúde”, com a enfermeira Jaqueline Furini Vaz.

A palestrante abordou o tema que é muito discutido nos dias atuais, a humanização no serviço de saúde, um atendimento com acolhimento e dignidade. No segundo dia (19) o tema discutido entre os enfermeiros foi o “Estresse no Contexto da Enfermagem”, ministrado pela enfermeira e tutora do curso de Residência multiprofissional em área profissional da Saúde, Paula Fernanda R. de Souza, onde foi abordada a importância de uma boa qualidade de vida, para haver uma diminuição no estresse diário. “ Para melhorar a qualidade de vida, temos que melhorar a qualidade dos nosso pensamentos”, enfatizou a enfermeira.
No terceiro dia (20), na parte da manhã, os profissionais tiveram oportunidade de ouvir sobre “Aleitamento materno, manejo e técnicas”, com a enfermeira especialista em UTI adulto e neonatal, Tatiana Guides, e a fonoaudióloga Poliana Fernandes. Uma temática sempre atual e fundamental. Com bonecas, seio artificial (mama cobaia) e materiais específicos, as profissionais demonstraram a importância do vinculo no binômio mãe – filho através do aleitamento materno.
Na tarde do terceiro dia (20), a enfermeira da Unidade Básica de Saúde, Vitalina Gentil, Jucicleia keppe, falou sobre a “Enfermagem diante da ética e seus princípios”, tema que proporcionou um tempo de reflexão e debate sobre exercício da profissão, entre os profissionais da saúde.

De acordo com Secretário de Saúde, um dos pilares da administração do prefeito Rover é possibilitar capacitação para os diversos profissionais, inclusive os da Secretaria de saúde. “Queremos que essa Semana de Enfermagem se repita todos os anos, esse tipo de atividade promove integração entre as equipes seja do Hospital Regional e da Atenção Básica de Saúde. Encontros como esses, fomentam novas ideias, desperta e proporciona novos conhecimentos”, salientou o secretário.

A programação da Semana da Enfermagem continua nessa quinta e sexta-feira. Nesta quinta há palestra sobre “Avaliação Puerperal – Uma visão clínica”, com a enfermeira da Unidade Básica de Saúde Afonso Mansur, Flávia Bradassio. Na sexta-feira, a enfermeira Rosalina Reis falará sobre “Enfermagem em defesa do SUS”. O encerramento da Semana da Enfermagem 2015 será no auditório da Câmara de Vereadores às 19h30min com a palestra sobre o tema “A Síndrome do Esgotamento profissional, Quem cuida do cuidador? (Síndrome Burnout), com a médica psiquiátrica, Carolina Queiroz. O público alvo primordial são os profissionais da saúde, e interessados em conhecer sobre esse tema.

Como surgiu a data?
De acordo com a informações de escolas de enfermagem, a data surgiu em homenagem a duas mulheres que marcaram a história da enfermagem, a enfermeira Florence Nightingale e a brasileira Ana Néri, ambas enfermeiras de guerra. Dia 12 de maio comemora-se mundialmente o Dia do Enfermeiro, em homenagem a Florence Nightingale, um marco da enfermagem que nasceu em 12 de maio de 1820. Também comemoramos no Brasil, no dia 20 de maio, o dia Nacional dos Técnicos e Auxiliares de Enfermagem, em memória do falecimento de Ana Neri em 20 de maio de 1880. Maio é o mês das Mães e nada mais justo do que falar sobre estas duas mulheres tão valorosas, que foram mães de muitos soldados feridos e prestar uma singela homenagem a todos os enfermeiros (as) que se entregam de corpo e alma a esta nobre tarefa de cuidar de nossa saúde.

Semcom