Postos de saúde já iniciaram campanha de vacinação contra gripe

2013-04-16T09:46:43+00:0016 abril, 2013|

imageCerca de 65 mil postos de saúde em todo país iniciaram nesta segunda-feira, 15, a Campanha Nacional de vacinação contra a gripe. No município de Vilhena não é diferente, a Campanha iniciou e vai até dia 26 de abril nas seis Unidades Básicas de Saúde. De acordo com Ministério da Saúde, serão distribuídas cerca de 43 milhões de doses.

Para a coordenadora do setor de Imunização, Suely Aparecida da Silva, o mais importante é “Dia d” de Mobilização Nacional, que será no sábado, 20, quando estarão à disposição da população várias equipes de profissionais da saúde a espera dos grupos prioritários: gestantes, pessoas com 60 anos ou mais, crianças entre 6 meses e 2 anos, mulheres no período pós parto até 45 dias, profissionais da saúde e portadores de doenças crônicas.

“É bom lembrar que as pessoas portadoras de doenças crônicas deverão apresentar receita médica, para garantir que o paciente pode receber a vacina”, explicou a coordenadora.

imageEm Vilhena a meta é vacinar 12.187 mil pessoas dos grupos prioritários no município. Quem foi vacinado no ano passado, precisa tomar a dose novamente. Depois de vacinadas, as pessoas estarão protegidas a partir de 15 dias. Feita com o vírus inativado, a vacina é segura e a única contra indicação é para as pessoas que têm alergia severa a ovo.

A Secretaria Municipal de Saúde informa que durante a semana a vacina estará disponível nas Unidades Básicas de Saúde de 7h até 18h, nas seguintes Unidades: (Policlínica João Luiz, Vitalina Gentil, Afonso Mansur, Leonardo Alves, Industrial, Liro Hoesel. Já no dia 20 de abril o Dia D da mobilização nacional para vacinação haverá outros pontos de vacinação: Pato Branco Shopping, Pato Branco do Centro e Unidade do Jardim Eldorado de 8h até 17h.

PACIENTES CUJAS DOENÇAS CRÔNICAS TEM INDICAÇÃO PARA A VACINA

Doença respiratória crônica

Asma em uso de corticoides inalatório ou sistêmico (moderada ou grave); DPOC; bronquioectasia; fibrose cística; doenças intersticiais do pulmão; displasia broncopulmonar; hipertensão arterial pulmonar; crianças com doença pulmonar crônica da prematuridade

Doença cardíaca crônica

Doença cardíaca congênita; hipertensão arterial sistêmica com comorbidade; doença cardíaca isquêmica; insuficiência cardíaca

Doença renal crônica

Doença renal nos estágios 3,4 e 5; síndrome nefrótica; paciente em diálise

Doença hepática crônica

Atresia biliar; hepatites crônicas; cirrose

Doença neurológica crônica

Condições em que a função respiratória pode estar comprometida pela doença neurológica; considerar as necessidades clínicas individuais dos pacientes incluindo: AVC, indivíduos com paralisia cerebral, esclerose múltipla e condições similares; doenças hereditárias e degenerativas do sistema nervoso ou muscular; deficiência neurológica grave

Diabetes

Diabetes Mellitus tipo 1 e tipo 2 em uso de medicamentos

Imunossupressão

Imunodeficiência congênita ou adquirida; imunossupressão por doenças ou medicamentos

Obesos

Obesidade grau III

Transplantados

Órgãos sólidos; medula óssea

Semcom

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.