Parte da compra servirá para possibilitar a abertura da UPA

A Prefeitura de Vilhena, através da Secretaria Municipal de Saúde (Semus), tem dado prioridade aos processos de compra de mobília e equipamentos que renovarão todas as unidades de Saúde de Vilhena.

De acordo com informações da Semus, o investimento chega a quase R$ 3 milhões e possibilitará a abertura da Unidade de Pronto Atendimento (UPA) e da Unidade Básica de Saúde do Setor 12, além de reforçar os equipamentos e mobiliário do Hospital Regional de Vilhena.

A prefeita Rosani Donadon ressaltou que tem investido para melhorar a saúde pública oferecida para a população.  “Trata-se de investimentos importantes para o município de Vilhena, que vão melhorar o atendimento oferecido para a população”, comentou a mandatária municipal.

Rosani Donadon informou que serão adquiridos vários equipamentos entre eles um aparelho de raio-x móvel, quatro mesas cirúrgicas elétricas, dois eletrocardiógrafos, 10 ventiladores pulmonares, sete carrinhos de emergência, oito camas hospitalares elétricas, 20 camas hospitalares mecânicas, 15 bombas de infusão, três bisturis elétricos, quatro focos cirúrgicos de teto, uma máquina de costura industrial, 53 longarinas, 100 cadeiras giratórias, 44 cadeiras, 34 poltronas e 46 aparelhos de ar-condicionado, entre outros equipamentos.

R$ 1,5 MILHÃO PARA UPA

O setor da Semus, responsável pela aquisição, informou que somente para a UPA a compra deve ficar em mais de R$ 1,5 milhão. “Temos nos empenhado para que os processos tenham celeridade, já que a previsão de inauguração da UPA é para abril. Essas aquisições são parte de um planejamento de transformação total na saúde pública de Vilhena. Faz parte da estruturação da rede, desde a Atenção Básica, até o atendimento de emergência. Temos unidades com móveis em situação precária com mais de décadas de uso, enferrujados, faltando peças”, disse o secretário de Saúde, Marco Aurélio Vasques.

Rosani Donadon falou sobre a celeridade dos processos de compra dos equipamentos que devem chegar em breve ao município. “A secretaria aderiu atas que nos possibilitam comprar equipamentos de qualidade por preços acessíveis, gerando economia aos cofres públicos”, explicou.

Fonte: Secretaria Municipal de Comunicação (SEMCOM)