“Precisamos regular as vagas que vem de fora”, justificou

image[dropcap]O[/dropcap] novo secretário municipal da Saúde Adilson Bernardino foi convocado para comparecer na 22ª sessão ordinária desta terça-feira (8) na Câmara de Vereadores.

Adilson é servidor público de carreira e está próximo a se aposentar. Ele assumiu a pasta da Saúde na semana passada e já foi sabatinado no auditório da Casa de Leis. Admitiu que há deficiências nas contas da Saúde.

“São pacientes de 31 municípios sendo atendidos no Hospital Regional, a demanda é muito grande, vem gente do Mato Grosso e até de Porto Velho para fazer cirurgias de alta complexidade. Não sou da área da saúde, mas sei que cada paciente que atendemos de fora tira um pouco do paciente que é de Vilhena. Precisamos regular as vagas que vem de fora. Em Colorado do Oeste tem um raio-x muito mais moderno do que daqui e as ambulâncias ainda continuam trazendo pacientes para aqui, o mesmo acontece em Chupinguaia. Temos que pedir maior ajuda do Governo. Não podemos assumir o ônus sozinhos”, desabafou o secretário.

O secretário pediu a compreensão dos vereadores para com os novos pedidos de remanejamento do Orçamento, pois serão necessários para poder administrar a saúde. “O orçamento foi confeccionando pensando muito alto, agora temos que faz os ajustes”, explicou Bernardino.

Da redação do Rondônia em Pauta