Uso excessivo de remédios pode matar 10 milhões ao ano até 2050, afirma a ONU