Vilhena continua sem mamógrafo: empresas desistem e pregão foi cancelado

2013-11-12T12:50:04+00:0012 novembro, 2013|

Nenhuma empresa se interessou em vender o aparelho para mamografia. Novela do mamógrafo ganhou mais um capítulo, após sucessivas prorrogações empresas desistem e aparelho não pôde ser adquirido.

mamografia[dropcap]O[/dropcap] recurso da emenda parlamentar do deputado Luizinho Goebel para a aquisição do mamógrafo é de R$ 290 mil e está na conta da prefeitura de Vilhena desde o dia 2 de julho de 2013, há mais de 4 meses.

Após sucessivas prorrogações, desde o dia 12 de setembro, o pregão foi marcado finalmente para o dia 7 de novembro, porém nenhuma empresa quis vender o aparelho. A pregoeira Márcia da Silva Alves Barbosa, não teve outra opção do que, após as 11h, hora limite para apresentar as propostas, cancelar o pregão.

[tabs]
[tab title=”Leia mais: “]Mamógrafo de Vilhena: pregão é adiado novamente[/tab]
[/tabs]

Em conversa informal com uma empresa da cidade, acostumada a participar das licitações, fomos informados de que a verba de R$290 mil era insuficiente para adquirir o mamógrafo com as características exigidas no edital. “Talvez esse seja o motivo pelo qual as empresas não se interessaram em vender o aparelho”, declarou.

No entanto, mulheres de Vilhena e região continuam em risco, pois sem o mamógrafo, o laudo sai em média 10 meses, prazo em que um tumor incipiente poderá tornar-se irreversivelmente maligno.

Por Hernán Lagos

Leave A Comment

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.

Informações para contato

Mobile: (69) 9 9929-6909

Web: rondoniaempauta.com.br