quinta-feira, 25 julho, 2024
Quinta-feira, 25 de julho de 2024 - E-mail: [email protected] - WhatsApp (69) 9 9929-6909




Duas vezes melhor: aprendizado de alunos em Vilhena no pós-pandemia é destaque em avaliação estadual

Escolas foram reestruturadas, profissionais valorizados e alunos tratados com atenção, veja detalhes das ações implementadas

Em uma virada surpreendente no desempenho educacional, os alunos do ensino fundamental das escolas públicas municipais de Vilhena apresentaram uma melhoria significativa nas habilidades de Língua Portuguesa e Matemática, segundo dados recentes. Em 2021, por exemplo, somente 36% dos alunos do 2° ano tiveram aprendizado adequado em Língua Portuguesa e apenas 25% em Matemática. Já em 2023, nas duas disciplinas, o número subiu para 70%. O avanço é atribuído às diversas ações implementadas pela Secretaria Municipal de Educação, que fez a retomada das aulas presenciais em 2022 no pós-pandemia com inovações importantes sob a gestão da educadora Amanda Areval.

“Investimos pesado na instrumentalização dos profissionais e na melhoria das condições de trabalho,” destaca Amanda, que atua na Educação há 22 anos. “Entre as iniciativas, entregamos 541 notebooks para professores, gestores, orientadores e supervisores. Equipar nossos profissionais com ferramentas adequadas foi crucial para a retomada do desempenho”.

Além da tecnologia, o aprimoramento dos educadores teve um papel central. “Contratamos especialistas renomadas como Rosaura Soligo e Rosângela Veliago para formações com técnicas novas e eficazes, o que teve um impacto direto na qualidade do ensino,” explicou a secretária.

Os dados, publicados pelo Sistema de Avaliação Educacional do Estado de Rondônia (Saero) de 2023, foram revelados agora, no início de 2024, e mostram que as melhoras se estenderam também aos alunos do 5° ano do Ensino Fundamental. Nestas turmas, o desempenho adequado saiu de 43% para 55% em Língua Portuguesa e de 27% para 46% em Matemática, na comparação de 2021 com 2023.

O início de 2022 também marcou um período de intensa contratação de profissionais. “Admitimos 81 novos profissionais apenas no primeiro trimestre daquele ano, incluindo professores de educação física, cuidadores, psicólogos, fonoaudiólogos e psicopedagogos. Essa expansão do quadro de funcionários foi essencial para atender às demandas crescentes e diversificadas da rede de ensino”, detalha Amanda.

A infraestrutura das escolas também recebeu atenção especial. “Realizamos muitas reformas e ampliações, chegando em julho de 2022 com 19 obras em andamento, para garantir um ambiente seguro e propício ao aprendizado. Logo no início daquele ano também fizemos a maior compra de equipamentos e móveis da história da educação municipal, no valor de R$ 2,5 milhões para todas as escolas, gerando ambientes mais funcionais e acolhedores”, garante.

Para complementar essas ações, a Secretaria de Educação promoveu lives sobre saúde mental, oferecendo suporte psicológico tanto para alunos quanto para profissionais da educação. Nesse aspecto a secretária enfatiza que cuidar do bem-estar emocional da comunidade escolar é tão importante quanto fornecer boas condições físicas e materiais.

Essas medidas, combinadas, foram fundamentais para reverter o declínio no desempenho educacional observado na pandemia. Na média das duas disciplinas e das duas faixas de escolaridade analisadas pelo Saero, a quantidade de alunos com notas adequadas em Vilhena foi de 40% para 60%. Além disso, a autonomia da pasta para realizar ações técnicas e a continuidade das atividades que deram certo asseguraram que as medidas implementadas em 2021 e 2022 tivessem ainda mais êxito.

“O compromisso com a educação de qualidade é contínuo, e ainda há muito trabalho para oferecer o melhor aos nossos alunos. Particularmente, tenho muitos projetos para implementar e iniciativas que gostaria de ver sendo discutidas no Legislativo. Fico feliz de ver que muitos pensam como eu e desejam fazer parte de uma ‘força-tarefa’ para melhorar ainda mais a Educação do nosso ‘Portal da Amazônia’”, completa Amanda Areval, que promete abrir em breve canal de comunicação para todos na comunidade opinarem sobre seus desejos e preocupações com a Educação vilhenense.

Os esforços da gestão educacional de Vilhena demonstram que investimentos bem direcionados e uma abordagem abrangente podem transformar uma realidade dramática, proporcionando melhores oportunidades para o futuro das crianças.

Fotos: Arquivo pessoal
Texto: Assessoria




Mais notícias






Veja também

Pular para a barra de ferramentas