sexta-feira, 12 abril, 2024
Sexta-feira, 12 de abril de 2024 - E-mail: [email protected] - WhatsApp (69) 9 9929-6909



Fama e STTR oferece 10 bolsas de estudo para associados do sindicato

As bolsas são para os cursos de Agronomia, Serviço Social, Zootecnia e Psicologia.

Na tarde de quinta-feira, 14 de março, um marco para a educação na região da Amazônia foi celebrado na sede da Faculdade da Amazônia (FAMA), com a presença da presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Vilhena e Chupinguaia, Clarinda Maximino, e da reitora da FAMA, Rosângela Cipriano.

O evento foi marcado pela assinatura de um importante termo de doação, estabelecendo a oferta de 10 bolsas de estudos para os associados ao sindicato.

As bolsas contemplarão cursos de graduação em áreas vitais para o desenvolvimento regional, tais como Agronomia, Serviço Social, Zootecnia e Psicologia. Com início imediato, esta iniciativa representa um passo significativo rumo à democratização do acesso à educação superior na Amazônia.

Ao estabelecer esta parceria entre a FAMA e o sindicato, abre-se um horizonte de oportunidades para os trabalhadores rurais dessas localidades, que poderão agora almejar uma formação acadêmica de qualidade, contribuindo assim para o progresso não apenas individual, mas também coletivo de suas comunidades.

A presidente do sindicato, Clarinda Maximino, expressou sua gratidão e entusiasmo em relação à parceria, ressaltando o impacto positivo que essa iniciativa terá na vida dos trabalhadores rurais e de suas famílias. Além disso, estavam presentes na assinatura da parceria Valquíria Vilela, Secretária Geral do STTR, e Mari Jane Corrêa, Secretária de políticas sociais, que também compartilharam a importância dessa parceria para a promoção da educação e inclusão social na região.

Da mesma forma, a reitora Rosângela Cipriano reforçou o compromisso da FAMA em promover a inclusão educacional e social na região, destacando a importância de investir no potencial humano dessas comunidades. Com esta aliança estratégica entre a academia e o setor trabalhista, abre-se uma nova era de oportunidades e progresso para a Amazônia, onde o conhecimento e a educação são os verdadeiros motores de transformação e desenvolvimento sustentável.

Por assessoria




Mais notícias





Veja também

Pular para a barra de ferramentas