Com os novos equipamentos e nova estrutura, Vilhena passará a receber aeronaves maiores

AEROPORTO[dropcap]O[/dropcap] aeroporto em Vilhena chegou esta semana na fase final da reforma. O prefeito Zé Rover, destacou que os trabalhos devem ser concluídos nos próximos dias. Ele também garantiu que em até 40 dias deverá estar em funcionamento no terminal aéreo o aparelho de raio x de bagagens.

O novo equipamento foi solicitado à Infraero em Brasília e faz parte das exigências da Agência Nacional de Aviação (Anac) para que haja no município o pouso e decolagem de aeronaves maiores. “Nós temos hoje uma boa procura, uma quantidade razoável de pessoas que fazem uso do transporte aéreo e nossa cidade já comporta viagens com um número maior de passageiros”, destacou Rover.

A emenda do Senador Acir Gurgacz e a contrapartida do município, R$ 270 mil foram investidos na reestruturação do aeroporto. A mudança começa já na área de embarque e desembarque, onde foi construído um amplo e moderno espaço, com esteira adequada para restituição de bagagens. O saguão e a sala de controle, bem como as áreas administrativas também estão passaram pela reforma.

Com a decisão da Trip em parar de operar com voos intermunicipais nos aeroportos de Cacoal e Ji-Paraná, o aeroporto Brigadeiro Camarão passa a ser o segundo mais movimentado de Rondônia, já que antes ficava atrás de Porto Velho e Ji-Paraná. A empresa aérea Trip ainda não se pronunciou, mas os voos de Vilhena a Porto Velho deverão ser mantidos. A empresa também continua com a escala nos voos nacionais, sendo que haverá mudança nos horários de operação.

Mesmo contando com apenas uma agência de aviação operando, o aeroporto de Vilhena possui um fluxo mensal médio de mais de 2600 passageiros, entre embarque e desembarque. Com a reforma, há ainda a previsão de que mais uma empresa passe a operar no município, aumentando ainda mais o fluxo de pessoas.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Semcom[/tab]
[/tabs]

[print-me]