O prefeito Zé Rover esteve acompanhando, nesta segunda-feira, 20, a retomada da obra de recuperação da BR 174, que liga Vilhena à Juína (MT). O serviço está sendo executado por duas frentes de trabalho no trecho de 240 km, ligando os dois municípios.

DSC_0195[dropcap]D[/dropcap]os 240 km, 66 são correspondentes ao estado de Rondônia e o restante ao Mato Grosso. Da parte que está dentro de Rondônia, 15 km são asfaltados. A pavimentação foi removida em sua totalidade para ser substituída e a pista foi levantada para evitar danos com a chuva. Todo o asfalto, até o entroncamento com a BR 364, passa por reparos.

No trecho onde ainda não há asfalto, o cascalhamento está sendo feito juntamente com a terraplanagem para uma possível pavimentação no futuro. “Já apresentamos o projeto e os senadores de Rondônia e de Mato Grosso já confirmaram a inclusão da pavimentação da 174 no PAC II, com previsão de liberação para 2014”, explicou o prefeito.

DSC_0216

A obra na rodovia tem gerado grandes expectativas para produtores das duas cidades. “Há muito produtor que vai ter o escoamento de sua produção facilitada a partir da recuperação dessa rodovia, já que quase tudo o que se produz aqui vai para o Porto Graneleiro, em Porto Velho”, destacou o prefeito.

Hoje, a empresa que atua no transporte coletivo entre as duas cidades é obrigada, pelas más condições de trafegabilidade, a percorrer 640 km, via Comodoro, Campos de Julio e Sapezal. Depois de recuperadaa BR 174, o trajeto de 240 km entre Vilhena e Juína não deverá levar mais que 3 horas de ônibus.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Semcom[/tab]
[/tabs]

[print-me]

[print-me]