Professor e historiador Emmanoel Gomes foi encontrado morto em uma fazenda próxima a Vilhena, antes de chegar no distrito de São Lourenço a 50 quilômetros da área urbana de Vilhena

EmmanoelO professor Emmanoel Gomes, 46 anos, foi encontrado morto nesta terça-feira (16). A polícia confirmou que ele se suicidou, por volta das 10h30, com tiro de uma arma calibre 38. O tiro atingiu o meio do peito e perfurou o coração. Notícia chocou a sociedade rondoniense e vilhenense.

Segundo informações do caseiro da fazenda, eles estavam conversando, quando ele falou que ia testar a arma, seguidamente o caseiro escutou o tiro que tirou sua vida.

Lutador incansável em prol da cultura, Emmanoel era um homem que respirava e vivia cultura em cada poro de sua pele. Parte de sua vasta obra pode ser encontrada neste site onde era colunista. Emmanoel foi considerado um gênio por muitos, uma pessoa ímpar, às vezes incompreendido pelo seu amor desmedido à cultura e à educação, que no seu ponto de vista, são os únicos caminhos que levam um homem à liberdade.

Veja aqui os artigos escritos por Emmanoel

Emmanoel é uma das raras pessoas que nasceram para deixar sua marca nesta efêmera existência. Vá com Deus amigo.

Hernán Lagos