A Câmara dos Deputados notificou o deputado Natan Donadon (sem partido-RO) sobre a votação, em sessão extraordinária, na noite da próxima quarta-feira (28), da representação que pede a cassação do mandato do parlamentar, em razão da condenação criminal transitada em julgado.

natan-donadon[pullquote]Donadon recebeu a notificação na cela onde está preso, no Complexo Penitenciário da Papuda, no Distrito Federal.[/pullquote]

[dropcap]O[/dropcap] deputado também foi informado que se desejar comparecer ao plenário da Câmara para fazer a própria defesa, a Casa pedirá autorização à Justiça para que compareça à sessão. Donadon terá direito a usar 25 minutos durante a sessão. Tempo igual terá o seu advogado também para defendê-lo.

Para que o deputado Natan Donadon perca o mandato, são necessários, no mínimo, 257 votos a favor da cassação. O processo de votação é secreto. Na última quarta-feira (21), a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara aprovou, em votação aberta, o parecer do deputado Sergio Sveiter (PSD-RJ) pela decretação da perda do mandato de Donadon.

O deputado Natan Donadon foi condenado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) a mais de 13 anos de prisão pelos crimes de peculato e formação de quadrilha. A condenação foi pelo desvio de R$ 8,4 milhões da Assembleia Legislativa de Rondônia, à época em que era diretor financeiro da Casa. Desde o dia 28 de junho, ele está preso no Complexo Penitenciário da Papuda.

[tabs]
[tab title=”Rondônia Em Pauta”]Iolando Lourenço
Repórter da Agência Brasil[/tab]
[/tabs]

[print-me]