imageUma inocente porquinha cor de casa virou objeto de discórdia no Reino Unido. O desenho animado adorado pela criançada virou fruto de polêmica após ser criticado por um britânico muçulmano. Zayn Sheikh lançou no Facebook a página Muçulmanos contra Peppa Pig porque, segundo ele anuncia em um vídeo, compartilhado mais de 10 mil vezes, a animação faz mal aos seus filhos.

image“Alguns de vocês devem ter visto esta criatura abominável antes, essa Peppa Pig. Como muçulmanos, é muito importante não comermos carne de porco. É completamente errado que as nossas crianças vejam essas coisas na TV. Meu filho… Ele quer ser um porco, agora”, diz ele, no vídeo.

Apesar de a comunidade no Facebook ter mais de 3 mil membros, a sugestão de Sheikh tem recebido muitas críticas dos pais de fãs da Peppa e sua família. “Meu filho assiste ao programa e tudo que ele encontrou ali foi extremamente educativo. Acho que as pessoas poderiam explicar as coisas aos seus filhos. Como o meu aprende muito (com o programa), eu vou deixá-lo assistir”, disse Zahid Rashid.

O Alcorão, livro sagrado do Islã, proíbe expressamente que os seguidores da religião comam carne de porco, considerada impura.

Globo