Por volta das 20h20 do domingo (20), um grupo de amigos estavam em um balneário quando M.R.R. de 28 anos, começou uma discussão com a vítima por causa do relacionamento com a cunhada da vítima.

Neste momento a vítima pegou sua família e foi para casa e, por volta das 20h, M.M.R. chegou com seu veículo frente da casa da vítima e começou a chamá-lo para fora pois iria matá-lo.

A vítima acionou a PM, que compareceu no local, onde o agente da ameaça foi identificado também como sendo o autor de direção perigosa que as viaturas estavam à procura momentos antes, pois haviam várias ligações no 190 informando que um indivíduo em um Chevrolet Celta, duas portas, de cor prata, estava praticando direção perigosa fazendo cavalo de pau, em alta velocidade, pela avenida 1705 e adjacências.

Os solicitantes da direção perigosa ainda disseram que, devido à execução das manobras, o veículo havia estourado mais de um dos pneus, e o condutor aparentava estar embriagado.

Foi oferecido o teste do etilômetro, que teve como resultado 0,77mg/l de ar expelido pelos pulmões. O veículo tinha três pneus estourados.

Da redação do Rondônia em Pauta