Segundo informações recolhidas pela reportagem, uma Rádio Patrulha de plantão foi procurada por algumas vezes por pessoas anônimas informando que dois indivíduos, sendo estes Yuri Felipe de Lima e Adriano de Oliveira Valério, estariam comercializando entorpecentes no setor 6, na praça Geraldão e no setor 8.

imageAmbos são figuras carimbadas pela polícia e foram visto juntos na avenida 34 com a rua 821 há vários dias e em várias ocasiões, quando a dupla percebia a presença da viatura, ficavam em atitude suspeita e se evadiam do local.

Na tarde desta sexta-feira (30), a guarnição em patrulhamento pela Av. 34 encontraram Yuri e Adriano trafegando em duas bicicletas pela rua. Ao avistarem a viatura, a dupla se assustou e tentaram fugir se separando um do outro, mas os PMs fecharam o cerco aos suspeitos e viram quando Adriano tirou algo da boca e jogou em meio ao mato. Sendo feita uma revista a Yuri, este tinha em meio a seus pertences a quantia de R$ 167,00. Já Adriano estaria com a droga na boca, mas quando viu que casa caiu a dispersou, porém o papelote com as parangas que pesou 7 gramas foi encontrado pelos policiais.

A princípio, a dupla negava que vendiam entorpecente, mas o celular de um dos acusados não parava de tocar na delegacia, onde usuários marcavam encontro para comprar a droga.

imageUm policial atendeu uma das ligações, onde o usuário Thiago acabou caindo na conversa e marcou o suposto encontro para a compra da droga. Quem foi até ele foram dois policiais do Núcleo de Inteligência e o encaminharam para a delegacia.

Petter Vargas
Repórter policial