quinta-feira, 25 julho, 2024
Quinta-feira, 25 de julho de 2024 - E-mail: [email protected] - WhatsApp (69) 9 9929-6909




Senador bolsonarista de RO, Jaime Bagattoli, comemora plano de Lula para o agronegócio

“Essa é uma vitória do pequeno e médio produtor da agricultura familiar e também de todo o setor produtivo”, comemorou Bagattoli.

Após contribuição do setor produtivo nacional, o governo do presidente Lula (PT) anunciou, nesta quarta-feira (3), o valor do Plano Safra 2024/25. Ao todo, R$ 476 bilhões vão ser destinados à agropecuária nacional de todo o porte.

Para o vice-presidente da Comissão de Agricultura e Reforma Agrária (CRA), senador bolsonarista Jaime Bagattoli (PL), o valor recorde trata-se de uma vitória da agricultura familiar e do agronegócio brasileiro.

“Essa é uma vitória do pequeno e médio produtor da agricultura familiar e também de todo o setor produtivo. E nada mais justo para um setor que vem puxando a economia do país para cima nos últimos anos. Só para lembrar, em 2023 a agropecuária brasileira cresceu 15%, tendo a maior alta entre os setores da economia. O agro de todo o porte tem levado o Brasil nas costas”, comemorou o senador emocionado em release enviado a alguns órgãos de imprensa.

Na prática, serão destinados R$ 400 bilhões ao Plano Safra 2024/25 para atender à agricultura empresarial. O valor, em questão, vai ser aplicado por meio de linhas de crédito diferenciadas, incentivos e políticas agrícolas aos médios e grandes produtores.

Já o valor destinado ao Plano Safra da Agricultura Familiar do mesmo período foi de R$ 76 bilhões. Assim como o Plano Safra tradicional, este também conta com um conjunto de medidas com foco na produção sustentável de alimentos, por meio de assistência técnica, seguros e capacitação, além de investimento em pesquisa e tecnologia do campo.

Por RO em Pauta




Mais notícias






Veja também

Pular para a barra de ferramentas