quinta-feira, 25 julho, 2024
Quinta-feira, 25 de julho de 2024 - E-mail: [email protected] - WhatsApp (69) 9 9929-6909




UNIR aprova Unificação do Calendário Acadêmico 2024


A Câmara de Graduação (CGR)/CONSEA da UNIR aprovou no dia 08/07/2024 uma proposta que promete trazer mais clareza e organização para o calendário acadêmico 2024, após fim greve dos servidores, impactando diretamente a vida dos estudantes.  Segundo a decisão, as disciplinas poderão ser ofertadas sem um vínculo formal com o modo tradicional de continuação do semestre, contudo, mantendo a importância da contagem curricular. Isso significa que disciplinas de um semestre posterior, como as de 2025-1, poderão ser oferecidas no semestre corrente, sem que haja um vínculo formal com o calendário de semestre letivo.

A proposta, que unifica os períodos 2024-1 e 2024-2 em um único “Ano Letivo Unificado de 2024”, foi uma solução para os desafios enfrentados pela comunidade acadêmica após a greve dos docentes e técnicos administrativos encerrada no último de 03/07/2024, conforme acordo assinado com o Governo Federal.  (Governo fecha acordos com docentes e técnicos-administrativos em Educação — Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (www.gov.br)

Mas por que essa unificação é tão importante?

Em primeiro lugar, ela garante o cumprimento dos 200 dias letivos exigidos pela Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional (LDB), assegurando que o aprendizado não seja prejudicado.

A unificação permite que as atividades de ensino que foram paralisadas durante a greve sejam repostas de forma eficiente, sem comprometer a qualidade do ensino e sem sobrecarregar os professores.

A proposta também prevê a manutenção dos períodos de férias para docentes, técnicos administrativos e alunos, garantindo o descanso merecido e a retomada das atividades com mais energia.

A avaliação dos conselheiros que votaram na proposta é que a unificação do calendário acadêmico é um passo fundamental para a UNIR retomar a normalidade e oferecer um ambiente de ensino-aprendizagem mais tranquilo e produtivo para todos. E de forma ajustada, contempla o pedido do Sindicato dos professores da UNIR na proposta de acordo de reposição enviada à Reitoria.

Pela proposta aprovada pela Câmara de Graduação (CGR), os estudantes que não conseguiram concluir as disciplinas no semestre 2024-1 terão a oportunidade de manter a oferta dessas disciplinas no semestre 2024-2, assim como as disciplinas previstas para o 2024-2 poderão ser ofertadas no semestre 2025-1. A linguagem e diretrizes do Anexo III da Resolução 421 continuarão em vigor, garantindo a consistência e organização do processo acadêmico.

Essa flexibilidade permitida pela nova proposta possibilita a oferta de disciplinas de forma mais adequada às necessidades dos alunos e sem sobrecarregar os docentes, possibilitando até mesmo a oferta de disciplinas para duas turmas concomitantes em situações específicas, como turmas pequenas, sem que isso resulte em uma carga horária excessiva para os professores.

Com essas medidas, a UNIR está se propondo a criar um ambiente acadêmico mais dinâmico, eficiente e centrado nas necessidades dos estudantes e professores que possam mitigar os efeitos da greve que durou mais de 70 dias.

Para entrar em vigor a proposta ainda precisa ser confirmada no Conselho Superior Acadêmico (CONSEA. A reunião está marcada para o dia 12/07/2024,  às 14h30 e será transmitida ao vivo canal da UNIR no Youtube.
SEI_UNIR - 1820283 - Parecer - para matéria (1)
Por Assessoria




Mais notícias






Veja também

Pular para a barra de ferramentas